Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

ESTUDOS DA MENTALIDADE DE MASSA, OU PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER.

Imagem
Charles-Marie Gustave Le Bon foi um francês politudo. Formado em medicina, jamais a exerceu, pelo menos da forma clássica, enquanto seus interesses espalharam-se pela antropologia, psicologia, sociologia, invenções variadas e física. Seu livro mais conhecido, é Psychologie des Foules (The Crowd: A study of the Popular Mind- Psicologia das Multidões), considerada a obra seminal da Psicologia das Massas. Isto em 1895.
E neste momento histórico, de pós verdades e fatos alternativos, o povo assustado, de neurocientistas a sociologos, historiadores, academicos das mais variadas linhas se perguntando , não só como foi que isso aconteceu, mas como diabo parar tal trem descarrilhado, velho Le Bon surge citado mais que a Kardashian, que até hoje não sei porque é famosa.
Esse fenômeno populista, que usa medo e desinformação como munição, não está restrito aos USA. Está espalhado e crescendo. Ou como disse um cômico famoso: “1984, do Orwell, era para ser um sinal de alerta. Virou manual de instru…

A ADORAÇÃO A FALSOS ÍDOLOS. DESTA VEZ É O “BEM ESTAR” (WELLNESS)

Imagem
Tradução do artigo da Dra. Dr. Jen Gunter (ARTIGO ORIGINAL)

“Carvão, “toxinas” e outros disparates são a espinha dorsal do complexo industrial do bem-estar.

Antes de prosseguirmos, gostaria de esclarecer uma coisa: o bem-estar não é o mesmo que medicina.

Medicina é a ciência que se oucupa em reduzir morte e doenças, além de procurar proporcionar vidas longas e saudáveis.
Bem-estar costumava significar uma mistura de saúde e felicidade. Algo que nos faz sentir bem ou alegre, e não algo prejudicial, coisas assim como uma massagem ou uma caminhada na praia.

Mas a coisa mudou muito, e agora “bem estar”tornou um falso antídoto para o moderno medo da vida e da morte.
A indústria do bem-estar adota a terminologia médica, como “inflamação” ou “radicais livres”, e a leva ao ponto de incompreensão. O produto resultante é um remédio tipo “faça você mesmo”para a longevidade, e que vem com uma dose de fé tão absoluta, que a ciência só pode aspirar a alcançar.

Vamos usar como exemplo a tendên…