Google+ Badge

quarta-feira, 2 de julho de 2014

PEÇA A UM FÍSICO PARA FALAR NO SEU FUNERAL

Num mês de perdas de gente querida, uns subitamente, tirando o folego feito uma pancada no peito, outros após sofrimentos tão grande que é difícil descrever, quando as palavras parecem pequenas demais para oferecer consolo, quando parece que a vida é um mar de dor e confusão, quando os que, como eu, não vêm um sentido maior ou tem a esperança de outra vida, esse artigo cai como um bálsamo.

Então, para Sylvio e Claudia, a energia de vocês viverá para sempre.

Você vai querer que um físico fale em seu funeral.
Você vai querer que ele fale com sua enlutada família a respeito de conservação de energia, e assim, eles entenderão que a sua não morreu.
Você vai querer que o físico lembre à sua mãe se esvaindo em lágrimas, a respeito da primeira lei da termo dinâmica, que reza que não há energia criada nem destruída, no universo.
Você vai querer que sua mãe saiba que toda sua energia, cada vibração, cada onda de calor, cada particula do que foi seu amado filho, continua com ela, aqui, neste mundo.
Você vai querer que o físico diga a seu desesperado pai que, dentre as energias do cosmos, você distribuiu as suas tão bem quanto pode.
E, em determinado momento, vai querer que o físico vá falar com sua esposa e dizer-lhe que todos os fótons que se despreenderam de seu rosto, todas as particulas cujo caminho foi interrompido pelo seu sorriso, pelo toque de seus cabelos, centenas de trilhões de partículas, nasceram de você como filhos, suas formas, para sempre mudadas por você.
E, enquanto sua esposa é abraçada por uma família amorosa,deixe que o físico lhe diga que todos os fótons que de você se desprenderam, foram coletados nos detectores de partículas que são os olhos dela, que esses mesmos fótons criaram, com ela, constelações de neurônios eletricamente carregados, cuja energia viverá para sempre.
E o físico lembrará à congregação o quanto de sua energia se manifesta como calor.
Pode até ser que alguns comecem a se abanar com seus livretos.
E ele lhes dirá que o entusiasmo, a vivacidade, a animação que fluiram através de você durante a vida, tudo continua aqui, continua como parte do que somos, mesmo enquanto estamos enlutados.
Continua como calor em nossas vidas.
E você há de querer que o físico explique que não há necessidade de qualquer tipo de fé, pois ele sabe que cientistas mediram precisamente a conservação de energia, e que ela é verificável e consistente em espaço e tempo.
Você tem a esperança que sua familia examine as evidências e se satisfaça e se conforte, sabendo que sua energia, isto é, você, continua por aqui.
De acordo com a lei de conservação de energia, nem um pedacinho seu morreu ou sumiu, apenas,está menos organizado.
Amém


Então, digo eu, quando começar minhas muito humanas lamúrias por tê-los perdido, me dêem uma bronca eletro magnética, pela lembrança de uma gargalhada que compartilhamos, de um assombro que vivemos, de uma discussão que nunca terminamos.

Ciao cari amici.

http://www.iflscience.com/physics/ask-physicist-speak-your-funeral-0

0 comentários:

Postar um comentário